Uma biblioteca acaba de ser queimada…

Padrão

Madiba, ou como muitos conhecem, Nelson Mandela seguirá sua trajetória em outro horizonte.

Segundo um provérbio africano, quando uma pessoa idosa morre, queima-se uma grande biblioteca. No caso de Madiba, foi queimada uma biblioteca incomensurável.

Seu histórico de luta, suas conquistas, seus 27 anos de prisão por lutar contra o regime no Apartheid na África do Sul permanecerá presente na memória dos seus fiéis seguidores. E não só na memória, mas na luta que travamos e travaremos em prol de uma igualdade que ele tanto prezava.

Assim como os demais que encamparam a luta pelo reconhecimento do povo negro, o nome de Nelson Mandela, sua história de vida e luta pela dignidade do seu povo ecoará nos quatro cantos do mundo, a fim de que nunca esqueçamos tudo que ele fez até os seus 95 anos de vida. Vida que dedicou a um povo.Vida que esteve em abstenção quando foi mantido na prisão.

Sua serenidade para lidar com todos que o oprimiu e/ou ceifou momentos de sua vida há de ser lembrada e memorada por todos, a fim que tenhamos a mesma serenidade para continuar na luta antirracista.

Ainda que me debruce por várias linhas, faltarão palavras para expressar o que foi Nelson Mandela na conjuntura política da África do Sul.

Faltarão palavras que possam extravasar o que muitos de nós, do outro lado do Atlântico está sentindo neste exato momento.

Faltarão palavras…

Siga em paz, Madiba!

Madiba 1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s