RSS

Resenha do documentário “Encontro com Milton Santos – O mundo global visto do lado de cá”

02 abr

No filme “Encontro com Milton Santos – O mundo global visto do lado de cá”, é feito um recorte singular sobre a globalização, a sociedade de consumo, as divisões que esta sociedade se encontra, o território, os efeitos famigerados da globalização, as crises que esta promove, as barreiras físicas e simbólicas postas pelo capitalismo como efeito da globalização, o papel da mídia e as revanches organizadas por suas maiores vítimas.

A crise se estabelece e Milton Santos faz este alerta quando afirma que: “O consumo é o grande fundamentalismo”. E é sagaz quando apresenta as três vertentes da globalização no mundo; a globalização como é posta, a globalização da perversidade e o mundo por uma outra globalização.

No decorrer do documentário é apresentada uma série de acontecimentos no mundo inteiro que focam a atenção nas causas que esta sociedade capitalista centraliza, a fim de obter benefícios próprios em detrimento da desorganização do território, da apropriação de bens comuns e do uso privado de riquezas mundiais por parte de uma minoria. Apropriações indevidas que geraram tensões por tentar deter grandes bens nas mãos de pequenos grupos, enquanto se assolava o estado de miséria e a sociedade crônica para todo o resto.

A tentativa de privatização da água potável em Cochabamba, Bolívia em 2000 e o 3º Fórum Mundial da Água em Kioto, Japão em 2003, foram eventos que chamaram a atenção do mundo para os efeitos da famigerada globalização frente à sociedade capitalista na qual vivemos.

Em meio à crise financeira , ao estado de caos que se encontra, tem-se o crescimento crônico do desemprego, a fome e o desabrigo que cada vez mais se alastra. Os baixos salários, o estado de mendicância e miséria em que as pessoas são postas, crescem diretamente proporcional ao que chamamos do segundo efeito da globalização, ou globalização da perversidade, em que a pobreza é vista com naturalidade.

Enquanto isto, a sociedade se divide em dois grandes grupos; “o grupo dos que não comem e o grupo dos que não dormem com receio do grupo dos que não comem.” (José de Castro). E Milton Santos ainda afirma que “produzimos mais comida do que consumimos”. E esta sociedade subdividida permanece criando barreiras de segregação. Sejam estas barreiras físicas – Muralha da China e Muro de Berlim – ou barreiras simbólicas – que é a que a Europa mantém contra os estrangeiros e clandestinos, a fronteira entre o México e o EEUU, onde a migração não é desejada.

Adiante os acontecimentos tem a mídia como a fábula da globalização, que assume o papel de intermediação diante desta, pois controla a interpretação do que acontece no mundo, em que não há produção excessiva de notícias, e sim de ruídos.

Contudo, a revanche é feita. Os grupos que são massacrados e postos à margem deste processo atroz de desenvolvimento global ganham força com seus movimentos e buscam reverter a ordem de tudo que está posto. A África e a América Latina são os gigantes despertando para os problemas que lhe são causados, e que não se promovem por quem lá habita e sim pelos grandes “olheiros” e investidores de mercado que ambicionam ganhar espaço para depois explorá-lo. E não há melhor modo de fazer isto, senão criando confrontos entre os grupos para adquirirem espaços de dominação.

Com o despertar destes grandes pólos de desenvolvimento, os espaços cada vez mais são tomados e causam incômodo. Daí tem os olhares do norte x os olhares do sul, que propicia a observação da diferenças de pólos econômicos em blocos capitalistas distintos; os que produzem e os que consomem. Numa fala mais íntima do que possa representar os grupos que tem e os grupos que não tem moeda de consumo numa sociedade que impera a globalização da perversidade.

E Milton Santos afirma que: “Não há cidadania no Brasil. A classe média não requer direitos, e sim privilégios.” O estado de cidadania nos é roubado pelo jogo de interesse no qual esta classe promove. Mas Milton Santos é perspicaz ao frisar que estas ações não são promovidas de modo estanque pelo Estado, e afirma que: “As fontes criadoras de diferenças e desigualdades são mais fortes que as ações do Estado. Para isto, é necessário um Estado socializante.”

Diante deste Estado socializante a ser construído há também uma sociedade e Milton Santos é muito feliz quando diz que esta sociedade na qual vivemos ainda é um ensaio; ela nunca existiu.

About these ads
 
28 Comentários

Publicado por em 02/04/2011 em Publicações

 

28 Respostas para “Resenha do documentário “Encontro com Milton Santos – O mundo global visto do lado de cá”

  1. CIDALIA COSTA

    13/07/2014 at 11:27

    PARABENS AO MILTON SANTOS POR ELE EXISTIR A SOCIEDADE E MMESMO INJUSTA ,OS POBRES CADA VEZ MAIS POBRES CRIAN ÇAS A MEIOS RATOS E LIXOS NA GRANDES COMUNIDADES E AINDA VIVEM COBERTOS NUM BARRACO COM TABUAS E PEDAÇOS DE PAPELOES ENQUANTO PO LITICOS PASSEIAM DE AVIOES EURTEM AS MANSOES

     
  2. Maria do Carmo Silva

    15/06/2014 at 19:36

    Ótima resenha. Muito útil para trabalhos de Geografia com nossos alunos.Maria do Carmo Silva.

     
  3. João

    06/05/2014 at 14:39

    excelente resenha

     
  4. Taina Gabriela Soares

    11/11/2013 at 18:56

    amei essa resenha

     
  5. Bryan

    08/11/2013 at 14:03

    isso vai fazer eu passa de ano rsrs

     
  6. paulo da conceição

    15/09/2013 at 19:33

    paulo; 15/09/ 2013.eu gostei muito pois aprender com quem sabe é muito bom

     
  7. Rita de Cássia Peçanha de Almeida

    07/09/2013 at 06:48

    Gostei muito, vou precisar para fazer um relatório para aula de gestão.

     
  8. Sandra

    14/08/2013 at 23:16

    Esta resenha faz Uma grande reflexão sobre os efeitos da globalização e do caos que vivemos Brasil, mas ainda são poucas para tamanhos problemas que ainda temos que enfrentar.

     
  9. neia nero

    07/04/2013 at 21:12

    gfgfgfg

     
  10. jaiane assun çao

    01/04/2013 at 21:01

    ótima a resenha!!! pois ela nos mostra uma sociedade encoberta através da globalização.

     
  11. mateus mendes soares

    15/03/2013 at 20:57

    tomara que meu professor gosta de meu documentario

     
  12. Baixando NaFaixa

    11/03/2013 at 10:09

    Baixar o Documentário – Encontro com Milton Santos ou O Mundo Global Visto do Lado de Cá – http://mcaf.ee/qigb0

     
  13. larissa soares

    30/11/2012 at 13:40

    esse resumo me ensinou muitas coisas e mais interessante adorei e viva milton santos

     
  14. 25/10/2012 at 20:00

    ótimo resumo citou os pontos fundamentais além de não ter necessidade de um dicionário do lado para entender o que o autor precisava citar como principal.

     
  15. karol

    24/10/2012 at 18:37

    mtoooo booom..ameiii mtooo

     
  16. Vanessa

    22/10/2012 at 10:42

    Achei esse documentário muito bom e isso nós faz ver a realidade do mundo.

     
  17. naomi

    16/10/2012 at 07:34

    tudo sempre é a favor dos pobres, que hoje em dia, não são tão pobres como aparentam

     
  18. paty

    01/10/2012 at 15:43

    nossa se não fosse esse resumo .
    adorei vlw.

     
  19. gyselle rodrigues

    27/08/2012 at 19:50

    adoreí muito.

     
  20. thaciane

    05/07/2012 at 22:21

    esse documentario salvou minha vida, tomari que eu tire um 10,0 em Geografia, etá me ajudou muito vlw!!

     
  21. Mhorghanha Thalhuska

    09/06/2012 at 19:31

    Achei muito interessante

     
  22. Maria

    03/06/2012 at 20:26

    Otimo resumo!

     
  23. Sthefaani Costah

    24/05/2012 at 12:47

    Cara esse site salvo minha vida o professor passo esse documentário em aula vi mas alguns alunos não deixaram agente ver então ele também pediu o relatório sobre isso e aki tem tudo

     
  24. mercia castro

    02/05/2012 at 14:59

    muito bom esse documentario salvou minha vida agora amei cada parte estava precisando para o trabalho de geografia, acho q dessa vez eu tiro uma nota boa obg

     
  25. Bruna

    20/09/2011 at 17:43

    Baixar o Documentário – Encontro com Milton Santos ou O Mundo Global Visto do Lado de Cá – http://fwd4.me/0BvJ

    Baixar o Documentário – Milton santos: Por Uma Outra Globalização – http://fwd4.me/0BvK

     
  26. 29/08/2011 at 23:35

    Legal, citou os pontos mais interessantes do documentario!
    Me ajudou muito, já que não pude ver o mesmo novamente. ;*

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 157 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: